5 atitudes que atrapalham seu emagrecimento sem você saber

Tempo de leitura: 3 minutos

Descubra se as táticas que você vem usando para perder peso estão prejudicando seu objetivo final

Você acorda bem cedinho todos os dias para passar horas na academia, corta o carboidrato das refeições e até gasta uma boa grana em tratamentos estéticos. Mesmo assim, parece que seu corpo não está a fim de queimar as gordurinhas extras.

“Não é só questão de contar calorias, o corpo precisa de fontes energéticas adequadas e mudanças fisiológicas para perder peso”, diz o preparador físico Alexandre Bró, palestrante da feira Fitness Brasil, que acontece entre os dias 28 e 30 de abril, e autor do livro 12 Semanas Para Emagrecer e Vive Melhor (Academia da Inteligência). “Muitas vezes, as pessoas adotam dietas e seguem rotinas fitness sem saber que estão retardando o metabolismo.”

Veja, a seguir, alguns erros que você possa estar cometendo.

1. Treina por muito tempo, mas com pouca intensidade

Caminhar na esteira por três horas queima cerca de 1 200 calorias. Correr por uma hora também, só que os efeitos no corpo são completamente diferentes.

“Você precisa fazer exercícios vigorosos para que o corpo se desgaste e passe por um processo de regeneração, que mantém o metabolismo acelerado por dias”, explica Alexandre.

Além de gastar energia para reconstruir a musculatura, você também melhora o funcionamento das mitocôndrias, responsáveis pela respiração celular. “Seu organismo produz mais dessas organelas para compensar o déficit de oxigênio provocado pelo treino aneróbico”, explica Alexandre.

“Assim, a oxidação da gordura e do carboidrato se torna mais eficiente, mesmo quando em repouso.”

Veja Também ↓↓:
Mulheres de todo Brasil estão perdendo peso com isso…

 

2. Pula a musculação

A gente sabe que nem todo mundo se empolga em encarar o leg press ou o supino. Porém, o treino de força é tão importante quanto seu tiro de corrida na hora de emagrecer.  “Você se protege de lesões, acelera o metabolismo basal – já que, há gasto energético para manter a musculatura – e evita que pernas e bumbum fiquem flácidos após a redução da gordura”, ressalta Alexandre, que afirma que os exercícios funcionais com peso do próprio corpo não proporcionam a mesma resistência que as máquinas da academia.

3. Corta o carboidrato

Dietas restritivas que eliminam totalmente o nutriente, inclusive aquele proveniente de frutas e legumes, em vez de emagrecer, fazem você desacelerar. “Quando o organismo percebe que sua fonte de energia está escassa, ele deixa o metabolismo mais lento e até aumenta o armazenamento de gordura”, diz Alexandre. É como se o corpo entendesse que você não está encontrando alimento e precisa se proteger para não morrer de fome. E pior: ele começa a usar a proteína dos músculos como substrato, já que o processo é muito mais simples do que o necessário para utilizar a gordura.

4. Esquece de beber água

“Se até agora você não toma dois litros do líquido diariamente, vou dizer uma coisa que vai convencê-la a adotar o hábito: para eliminar gordura, seu corpo precisa de um meio aquoso. “Mesmo para a quebra do carboidrato consumido, é necessário bastante água”, diz Alexandre. Os copos ingeridos durante o treino entra como um volume extra para compensar o suor. “Um a cada 15 minutos costuma ser o suficiente.”

5. Não ajuda o funcionamento do fígado e do intestino

Sucos e alimentos detox não servem para emagrecer – pelo menos, não diretamente – mas ajudam esses órgãos a trabalhar como devem. “O fígadopode ficar sobrecarregado de toxinas e impurezas que precisam ser eliminadas para que ele funcione bem, inclusive no processamento de gordura”, explica Alexandre. Já o intestino depende dos probióticos (encontrados no kefir, em alguns iogurtes, no leite fermentado, no chucrute…), que alimentam os micro-organismos do bem responsáveis pela absorção dos nutrientes.

SE VOCÊ PRECISA DE MAIS ORIENTAÇÃO PRA CONTINUAR A EMAGRECER E AINDA DEIXAR O CORPO EM FORMA! DÁ UM OLHADA NESSE PROGRAMA!

dieta-radical-emagreca-10-quilos-em-10-dias-cardapio-completo